Otorrinolaringologia

Nariz, ouvidos e garganta são tratados pelo otorrinolaringologista.

Otorrinolaringologia

Dentre as funções que esse especialista avalia estão:
a respiração;
a audição;
a deglutição;
a voz e a saúde das cordas vocais.
São competência desse especialista doenças relacionadas ao equilíbrio, como a labirintite, ao sono, como a apneia do sono e também as alergias.

Para ser um otorrinolaringologista (ou otorrino), o médico deve, primeiramente, se formar em medicina, curso que dura 6 anos. Após a graduação, é necessário fazer residência na área, que dura no mínimo mais 3 anos.

Nos três primeiros anos de especialização, o aluno tem uma visão geral sobre todos os campos de atuação da otorrinolaringologia.

Quem deseja obter mais informações em uma subespecialidade cursa mais 1 ano de especialização, a fim de se aprimorar na área cirúrgica desejada.

Estágios complementares podem ser realizados em diversas subáreas, como a Otologia/Otoneurologia (doenças do ouvido e distúrbios do equilíbrio), Rinologia (doenças do nariz e também dos seios da face), Laringologia (doenças da laringe e garganta), Cirurgia Cérvico Facial (doenças da cabeça e pescoço, englobando a tireoide), Otorrinolaringologia Pediátrica (deformidades congênitas e baixa de audição em crianças) e Medicina do Sono (distúrbios do sono em geral, ronco e apneia).

Conheça nossa clínica e agende um atendimento!