Vegetarianismo: quais as vantagens?

Muitas pessoas têm deixado a carne de lado em suas refeições. Movimentos veganos e vegetarianos surgem contra a violência e sacrifício de animais, que seriam mortos para tornar-se mais um alimento em nossas mesas.

Por Admin Work Control | dia em Blog

Vegetarianismo: quais as vantagens?
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Muitas pessoas têm deixado a carne de lado em suas refeições. Movimentos veganos e vegetarianos surgem contra a violência e sacrifício de animais, que seriam mortos para tornar-se mais um alimento em nossas mesas.

Os veganos modificam seus hábitos e não ingerem qualquer alimento ou produto de origem animal. Ficam então restritos de queijo, leite e derivados, carne, ovos, e até mesmo produtos e roupas fabricados com couro ou qualquer outro material animal.

Os vegetarianos excluem apenas a carne de sua dieta, mas continuam a alimentar-se de ovos, leite, queijo, e adquirem produtos de origem animal.

Mas, quais seriam as principais consequências deste hábito? Descubra a seguir!

Quais os benefícios?

Além das questões morais e sociais, acredita-se que privar o corpo da carne possa trazer algumas vantagens e benefícios.

Peso ideal
Estudos recentes indicam que veganos e vegetarianos tendem a pesar menos, e com isso, reduz-se as taxas de sobrepeso e obesidade neste público.

Tal fato pode ser facilmente explicado pela dieta rica em vegetais, fibras, sais minerais e uma série de outros alimentos saudáveis, em substituição a gorduras e proteínas.

Redução de doenças cardíacas e vasculares
A redução do LDL (popularmente conhecido por ser o colesterol prejudicial) parece prevenir uma série de doenças que envolvem o coração e os vasos sanguíneos, como aterosclerose, infarto, hipertensão arterial, e muito mais.

Destaca-se a importância de pacientes que possuem tais diagnósticos, permanecerem com o tratamento médico, e apenas utilizarem a dieta como aliada no processo terapêutico, mas, nunca em substituição!

Menos câncer
As neoplasias também vêm se mostrando em baixíssimos índices em pacientes vegetarianos, se comparado aos que consomem carne e alimentos de origem animal.

Aumento da expectativa de vida
Baseando-se na redução de todas estas doenças, é de se imaginar que quem adota este tipo de dieta viva menos e melhor.

Todas as informações dadas anteriormente podem ser encontradas no seguinte link: http://www.apm.org.br/publicacoes/rdt_online/RDT_v20n2.pdf#page=10.

O que irá faltar?

Quem opta por uma dieta sem proteínas de origem animal, precisa estar disposto a realizar acompanhamentos médicos e nutricionais, com o intuito de prevenir a carência de nutrientes.

Dentre os itens essenciais que podem faltar, destacam-se:

Ferro
A falta de ferro pode ocasionar anemias, manifestando-se na forma de cansaço, fraqueza, tonturas, queda de cabelo, perda de peso, e muito mais.

Vitamina B12
Ela é essencial para diversas funções em nosso organismo, e, sua redução, pode também ocasionar anemias.

Desta vez, os principais sintomas são relativos ao sistema nervoso, e incluem formigamentos, redução da concentração, alterações do sono, e muito mais.

Cálcio e Zinco
Apesar de não terem reduções significativas em vegetarianos e veganos, é preciso estar atento e sempre buscar vegetais e outros alimentos que os contenham.

Através de exames periódicos, é possível identificar carências e suplementar de forma adequada!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Vegetarianismo: quais as vantagens?

Enviando Comentário Fechar :/

Veja Também!

Os artigos relacionados podem te interessar: