Ultrassonografia abdominal: 10 motivos para realizá-lo

Existem diversas doenças que podem acometer a região abdominal, e para identificá-las, a melhor escolha é sempre um exame de imagem, neste caso, a ultrassom abdominal é a mais indicada.

Publicado por Grupo Biocentro
em

Ultrassonografia abdominal: 10 motivos para realizá-lo

Existem diversas doenças que podem acometer a região abdominal, e para identificá-las, a melhor escolha é sempre um exame de imagem, neste caso, a ultrassom abdominal é a mais indicada.

O ultrassom é uma técnica não invasiva (isto é, pode ser feita sem a necessidade de introdução de instrumentos, perfurações, ou outros), e relativamente acessível.

Conheça a seguir, 10 principais motivos e pedidos médicos para a realização deste exame.

  1. Exame de rotina

Muitas vezes, durante um check up médico, alguns exames serão solicitados. Falando ainda das consultas de rotina, muitas vezes, se faz um ultrassom abdominal para avaliar a integridade dos órgãos da região, bem como o seu funcionamento.

  1. Busca de tumores, massas e cistos

Quando houver uma suspeita após a anamnese (“entrevista” com o paciente), ou pelo exame físico, o médico poderá pedir uma ultrassom abdominal para avaliar a presença de cistos, massas e tumorações, bem como de suas características.

  1. Dores abdominais

As dores abdominais são uma queixa super comum e frequente, tanto em consultórios, como também na emergência. Para uma avaliação inicial, pela facilidade de acesso a ultrassom abdominal poderá pedir-se.

  1. Avaliação de vasos sanguíneos

Artérias e veias, são vasos sanguíneos que conduzem o sangue por todo o nosso corpo. Sendo assim, serão os responsáveis por determinar a quantidade de nutrientes distribuída, sendo de suma importância conhecer a sua integridade.

Este exame de imagem consegue avaliar a presença de aneurismas, dilatações, e também estreitamento dos maiores vasos da região abdominal.

  1. Pesquisa de cálculos

Os cálculos, popularmente conhecidos como “pedras”, podem ser encontrados através do ultrassom abdominal. Nestes casos, poderá ser avaliada a presença destes tanto no rim, quanto na vesícula biliar.

Geralmente, apenas pelos sintomas do paciente, já é possível deduzir o diagnóstico. Porém, o exame determinará a localização correta, tamanho das pedras, outras estruturas lesadas, e muito mais.

Também, são “achados” da clínica médica: o paciente pode estar realizando o exame por outro motivo, e encontrar cálculos, que até então, não manifestaram sintomas.

  1. Integridade do fígado

O fígado é uma grande máquina “transformadora” do nosso organismo, e está localizado no abdome.

Sendo assim, quando houver suspeita de aumento de volume deste, ou necessidade de avaliar a sua estrutura, a ultrassonografia poderá ser pedida.

  1. Avaliação do útero e suas estruturas

Apesar de o útero estar localizado na região pélvica, o exame abdominal pode ser importante em algumas condições nas mulheres: gestação e endometriose.

Mais para o final da gestação, o exame se faz presente para avaliar as estruturas fetais, funcionamento dos principais órgãos, e muito mais.

Também, a endometriose é uma condição que acomete muitas mulheres, e pode gerar dores nas costas, abdome, irregularidades menstruais, e muito mais. Ela é caracterizada pela presença de endométrio (um tecido uterino) fora do útero, que poderá ser encontrado no exame em outras regiões – como intestino (caracterizando uma endometriose profunda).

  1. Avaliação dos intestinos

O intestino (tanto grosso como delgado), ocupa a maior parte da cavidade abdominal, e sua avaliação pode ser feita através do exame em questão.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Ultrassonografia abdominal: 10 motivos para realizá-lo

Enviando Comentário Fechar :/