Tosse constante: entenda quais as possíveis causas

A tosse é um dos sintomas mais comuns no nosso dia a dia e pode surgir por diversas causas. Ela aparece em um simples resfriado, mas também pode estar associada a doenças mais graves e deve ser avaliada com cuidado.

Publicado por Grupo Biocentro
em

Tosse constante: entenda quais as possíveis causas

A tosse é um dos sintomas mais comuns no nosso dia a dia e pode surgir por diversas causas. Ela aparece em um simples resfriado, mas também pode estar associada a doenças mais graves e deve ser avaliada com cuidado.

Neste texto vamos falar um pouco sobre as possíveis causas da tosse constante. Quer saber um pouco mais sobre o assunto e aprender como cuidar melhor de si e da saúde da sua família? Então acompanhe!

A sua tosse não para?

Uma tosse com duração maior do que 4 semanas se transforma em um quadro crônico. É necessário que você procure um médico para sanar as principais dúvidas sobre esse sintoma.

Ela pode significar muitas coisas: uma gripe ou um resfriado, uma alergia ou doenças mais sérias, como a tuberculose e até mesmo um tumor pulmonar.

O que é tosse seca?

Existem basicamente dois tipos de tosse: a tosse seca e a produtiva. A tosse seca é extremamente incomodativa e a pessoa não expele secreção. Ela quase sempre resulta de um problema em alguma parte do sistema respiratório.

Entre as causas mais comuns estão a rinite alérgica, as faringites e as laringites agudas, bem como as amigdalites. Outras alterações muito comuns que podem provocar tosse são as crises asmáticas e de bronquite.

Duas condições graves que também podem se manifestar como tosse seca é a pneumonia viral, bacteriana ou fúngica e a embolia pulmonar — patologias que devem ser tratadas o mais rapidamente possível, pois podem levar a consequências graves.

Algumas doenças do coração e dos intestinos também podem se manifestar com tosse. Esse sintoma também pode aparecer como efeito colateral de medicamentos, como o captopril, e ser o primeiro sinal de um câncer ou tumor.

O que é tosse produtiva?

Durante episódios de tosse produtiva, a pessoa expele um muco que pode ter diversas características, dependendo da causa de tosse. A expulsão desse tipo de secreção ocorre porque ela está sendo produzida para proteger os pulmões e as vias aéreas de agressões.

Quando existe a presença de secreção na tosse, o diagnóstico é sugestivo de infecção por algum microrganismo, apesar do catarro aparecer em manifestações de algumas doenças irritativas.

O que pode estar por trás de sua tosse constante?

Várias podem ser as causas de tosse constante. Listamos as 5 mais comuns e alguns dos seus sintomas associados:

1. Alergias

A tosse proveniente de hipersensibilidade geralmente vem acompanhada de coceira na garganta, e no início do quadro geralmente é seca, mas pode evoluir para tosse produtiva.

2. Sinusite

Essa inflamação muito comum dos seios da face geralmente vem acompanhada de tosse produtiva. Com a tosse, geralmente vem acompanhando os sintomas de obstrução nasal e dor na face.

3. Bronquite e asma

Essas duas patologias, além de seus outros sintomas, provocam tosse seca — que pode se tornar produtiva.

4. Pneumonia

A pneumonia tem como um dos seus principais sintomas a tosse produtiva, e é uma condição grave que pode evoluir e gerar complicações. Procure seu médico em casos suspeitos.

5. Tuberculose

É uma doença pulmonar que se manifesta com tosse seca durante semanas e pode durar até meses. ​

Sempre quando você ou alguém da sua família iniciar um quadro de tosse, fique atento ao tipo e à duração. Observe os sintomas associados, como falta de ar e dor no peito, e procure seu médico caso os sintomas sejam persistentes.

Conseguiu entender as possíveis causas da tosse constante? Restou alguma dúvida sobre o assunto? Deixe um comentário!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Tosse constante: entenda quais as possíveis causas

Enviando Comentário Fechar :/