Todo trabalhador tem direito à falta no trabalho para rastreio de câncer

O câncer é uma doença que espanta boa parte da população, visto que todos já tiveram algum familiar ou amigo que faleceu por conta de tumores malignos. Infelizmente, ainda não existem medidas garantidas para evitar que ele surja, mas, já se conhecem métodos de detectá-lo ainda em suas fases iniciais. Os exames que tem o potencial de detectar o câncer ainda quando ele está em formas passíveis de cura, são indicados conforme a faixa etária e sexo, e fazem parte do rastreamento da doença. A seguir, conheça uma novidade aos trabalhadores, que agora podem faltar ao trabalho para realizar tais exames.

Publicado por Grupo Biocentro
em

Todo trabalhador tem direito à falta no trabalho para rastreio de câncer

Falta ao trabalho X rastreio de câncer

Desde Dezembro do ano passado (2018), os trabalhadores passaram a contar com uma lei que lhes dá o direito de faltar 3 dias ao ano, por uma boa causa: a de realizar exames de rastreio para o câncer.

Com esta mudança, os empregadores são proibidos de realizar quaisquer descontos no salário, desde que seja comprovado através de atestados médicos que a falta foi para este motivo.

Esta estratégia visa aumentar a adesão da população a métodos laboratoriais e de imagem que ajudam na detecção precoce do câncer. Com isso, pode-se inclusive, diminuir a mortalidade pela doença.

Afinal, quais são os exames?

Como já lhe dissemos, os exames de rastreio do câncer variam para homens e mulheres, e também conforme a idade.

Recomenda-se a realização do rastreio conforme o perfil que cada tipo de câncer tende a acometer.

A seguir, conheça alguns dos rastreamentos indicados para a população:

·        Câncer de próstata: indicado para homens após os 50 anos de idade;

·        Câncer de mama: todas as mulheres com mais de 50 anos devem ser investigadas;

·        Câncer de colo de útero: recomenda-se a prevenção para mulheres que tenham de 25 a 64 anos de idade;

·        Câncer colorretal: os exames devem ser feitos em pacientes com mais de 50 anos;

Dentre outros.

Vale lembrar que grupos de risco podem ter alterações nestas recomendações. Por exemplo, homens que tenham histórico de câncer na família, merecem ser investigados a partir dos 50 anos.

Outras medidas preventivas

Além dos exames que detectam o câncer, deve-se investir em medidas de prevenção da doença, que estão relacionadas principalmente à mudança de hábitos de vida.

Dentre elas, podemos falar em:

·        Evitar o tabagismo;

·        Reduzir ou cessar o consumo de álcool;

·        Praticar atividades físicas;

·        Apostar em alimentos saudáveis;

·        Reduzir o consumo de açúcares, sódio e alimentos industrializados.

Também, deve-se visitar regularmente um médico de sua confiança para avaliação geral do estado de saúde!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Todo trabalhador tem direito à falta no trabalho para rastreio de câncer

Enviando Comentário Fechar :/