Quais indícios o corpo dá quando se está grávida?

A vida feminina é marcada por diversos ciclos menstruais, que costumam durar em torno de 28 dias. Qualquer alteração surgida nesta “rotina”, gera desconfortos e inseguranças, e dentre elas, destaca-se a dúvida sobre uma possível gravidez.

Publicado por Grupo Biocentro
em

Quais indícios o corpo dá quando se está grávida?

A vida feminina é marcada por diversos ciclos menstruais, que costumam durar em torno de 28 dias. Qualquer alteração surgida nesta “rotina”, gera desconfortos e inseguranças, e dentre elas, destaca-se a dúvida sobre uma possível gravidez.

A seguir, conheça alguns sinais e sintomas que o corpo dá às mulheres durante a gestação!

1: Atraso menstrual

Atrasos menstruais de alguns dias já levam à desconfiança nas mulheres, principalmente nas que possuem ciclos bem definidos e com poucas variações. Este costuma ser o principal motivo que a busca por exames para a identificação de uma possível gravidez.

Deve-se tomar cuidado com os testes de farmácia, que pela baixa sensibilidade, podem resultar em falsos negativos – isto é, possuírem resultado negativo mesmo na presença de gestação. Isso ocorre porque o exame consiste na identificação do hormônio Beta hCG, que inicia sua produção na placenta por volta do 10º dia.

Enquanto isso, o exame laboratorial é capaz de identificar os níveis do mesmo hormônio já por volta do 5º dia, além de ser muito mais específico e confiável!

2: Sono em excesso

A sonolência excessiva, inclusive durante o dia, pode ser um sinal de alerta para gravidez. Isso ocorre porque a produção hormonal está completamente alterada, e voltada para a manutenção do feto no útero.

Além de ser um dos primeiros sintomas notados pelas mães, as alterações de sono estarão presentes ao longo dos próximos 9 meses.

3: Dores nas mamas

O excesso de sensibilidade e surgimento de dores inexplicáveis nas mamas é bastante comum no início da gestação. É de se imaginar que elas trabalhem durante 9 meses para a amamentação da criança, não é?

Mas, além disso, ocorre uma modificação na anatomia mamária (principalmente na primeira gestação), visto que elas só atingem a maturidade quando se faz necessária a produção do leite materno. Por esse motivo, as mamas também aumentam de tamanho e aparência.

4: Tendência ao vômito

Enjoos e vômitos costumam ser comuns, principalmente no primeiro mês de gestação. A mulher costuma desenvolver uma intolerância a cheiros fortes e enjoativos, e muitas vezes até à comida.

É essencial evitar a medicação neste momento, visto que o uso inadequado de alguns remédios poderá prejudicar a formação fetal, e em alguns casos, levar ao aborto.

5: Corrimentos vaginais

Costuma ser uma queixa muito variável entre as mulheres e de difícil identificação, visto que algumas já possuem corrimentos antes de engravidar, enquanto outras não. Pode-se notar um aumento, mudança de cor e ausência de odores.

Além disso, são um sinal de alerta caso tenham aspecto sanguinolento ou cor diferenciada, podendo indicar descolamentos placentários e possível aborto.

6: Tonturas

Costumam ser a principal queixa da obstetrícia, e se devem a uma série de fatores, como: queda da pressão arterial, possíveis anemias, relação com o cansaço e a fraqueza, alterações dos níveis de açúcar no sangue, e muito mais.

Todas estas alterações se devem ao desequilíbrio hormonal, e apesar de serem comuns, precisam ser investigadas em certos casos!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Quais indícios o corpo dá quando se está grávida?

Enviando Comentário Fechar :/