O que fazer diante de intoxicações medicamentosas?

Todos os medicamentos são drogas, e o fator que altera se serão benéficos ou maléficos, é a dose com que são utilizados. Nos dias de hoje, é cada vez mais comum a busca por ajuda médica diante de quadros de intoxicação medicamentosa. Existem diversos motivos para que elas ocorram, destacando a falta de conhecimento, intenção de suicídio, ingestão acidental por crianças, doses erradas, e muito mais. A seguir, saiba o que fazer diante da ingestão excessiva de medicamentos, e com isso, busque a ajuda correta!

Publicado por Grupo Biocentro
em

O que fazer diante de intoxicações medicamentosas?

Não induza o vômito

Embora esta fosse uma prática conhecida até certo tempo, já se sabe que a indução do vômito não traz benefícios quando houver a ingestão excessiva de remédios.

Existe esta contraindicação, pois o paciente corre o risco de aspirar o vômito, e com isso, o conteúdo que estava no estômago vai parar nos pulmões, agravando o quadro.

Sendo assim, deve-se esperar para que a melhor conduta médica seja tomada.

Evite o uso de qualquer outra medicação

Quando houver suspeita de ingestão do excesso de remédios, em hipótese alguma utilize outras medicações – como diuréticos ou laxativos.

O organismo estará experimentando intensas mudanças, e o uso de outros fármacos tende a agravar o quadro.

Neste momento, a automedicação pode levar a morte, e por isso, tratamentos deverão ser prescritos apenas por médicos.

Busque imediatamente um Pronto Socorro

Seja você a vítima ou alguma pessoa próxima, busque imediatamente um serviço de atendimento de urgência. Quando a situação for grave, ligue para o SAMU, através do 192.

Dentre os sintomas que podem levar a suspeita de intoxicações, estão:

·        Diminuição do nível de consciência;

·        Enjoos e vômitos;

·        Alteração de batimentos cardíacos;

·        Falta de ar;

·        Dificuldade para enxergar;

·        Mudança no tamanho das pupilas;

E muito mais.

É muito importante que o paciente chegue ao serviço médico com um acompanhante, e quando possível, sejam levadas as cartelas de medicamento.

Prevenir é melhor que remediar

Sem dúvidas, a melhor saída é sempre prevenir as intoxicações medicamentosas. Pensando nisso, alguns cuidados sempre precisam ser tomados:

1) Nunca realize automedicação. As doses dos medicamentos variam conforme cada doença, peso e idade dos pacientes, e podem possuir uma série de contraindicações.

2) Sempre informe seu médico sobre todas as medicações que está utilizando. Isso ajudará no momento em que o profissional for prescrever novos remédios, pois assim, evitará que estes interajam entre si.

3) Esconda os medicamentos de crianças, idosos, pacientes com transtornos mentais ou com tentativas prévias de suicídio.

4) Busque ajuda médica precocemente, antes do agravamento do quadro de saúde!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para O que fazer diante de intoxicações medicamentosas?

Enviando Comentário Fechar :/