Mau hálito: conheça 5 causas possíveis!

30% da população sofre todos os dias por conta do mau hálito. Ele pode ser um motivo de constrangimento e isolamento social, muitas vezes interpretado como falta de higiene.

Publicado por Grupo Biocentro
em

Mau hálito: conheça 5 causas possíveis!

30% da população sofre todos os dias por conta do mau hálito. Ele pode ser um motivo de constrangimento e isolamento social, muitas vezes interpretado como falta de higiene.

Porém, esse por ser o primeiro sinal para uma infinidade de doenças, extremamente importantes. Conheça a seguir, algumas alterações que podem estar causando este desconforto!

  1. Saburra lingual

A saburra é popularmente chamada de “língua branca”, e caracterizada pela formação de placa bacteriana na parte posterior da língua. Ela pode ser formada tanto pela redução de secreção de saliva, como também ser decorrente da descamação do epitélio, que são ocasionadas por diversas situações:

  • Uso excessivo de enxaguantes bucais;
  • Respiração bucal;
  • Uso de aparelhos ortodônticos;

E muito mais!

A condição pode facilmente tratada com o uso de produtos específicos, e técnica correta de higienização.

  1. Amigdalite

As amígdalas são estruturas localizadas no fundo da boca, com uma função especial de defesa do organismo. Diversas pessoas têm amígdalas maiores que o normal, necessitando submeter-se a cirurgia.

Além disso, outro problema que pode ocorrer, é infecção destas estruturas, visto que estão constantemente expostas à microorganismos (principalmente bactérias).

Em quadros de inflamação, o mau hálito poderá existir e causar desconfortos ao paciente.

O tratamento costuma ser para exterminar o agente causador, e em casos de infecções recorrentes e aumento do tamanho das amígdalas, poderá utilizar-se um procedimento cirúrgico.

  1. Tuberculose

A tuberculose é uma doença bacteriana, que acomete os pulmões. Um dos sintomas, é a tosse constante, podendo liberar catarro.

Estas secreções que provém com a tosse, costumam ser formadas por pus, e acumulam-se na língua e outras estruturas bucais.

Com isso, o paciente pode queixar-se de mau hálito constante, juntamente com a presença de tosse.

Nestes casos, o tratamento é específico para a tuberculose, e deverá ser feito de imediato.

  1. Tabagismo

O hábito de fumar pode ser também um grande causador de mau hálito. Isso ocorre por meio de dois mecanismos:

  • Toxinas presentes no cigarro: o odor pode ser proveniente das próprias partículas e substâncias existentes no cigarro, que ao acumular-se nas estruturas bucais, causam mau cheiro.
  • Agressão das mucosas: o material tóxico presente no cigarro, danifica todas as mucosas bucais, tornando-as mais suscetíveis ao acúmulo de microorganismos e “sujeiras”, sendo estas, possíveis causas do mau hálito.

O tratamento nestes casos é mais difícil, e os sintomas podem melhorar quando o paciente decide por parar de fumar.

  1. Doenças do esôfago

O esôfago é um “canal” responsável por levar os alimentos até o esôfago, sendo assim, um componente do sistema digestório. Ele é formado por músculo, e conta com diversos movimentos coordenados para a passagem do alimento.

Algumas doenças podem acometê-lo, tendo como manifestação o mau hálito. Conheça algumas:

  • Ulcerações do esôfago;
  • Câncer esofágico;
  • Divertículo esofágico;
  • Fístulas;

Todas estas condições exigem tratamento, e tendem a piorar com o passar do tempo. Portanto, o mau hálito é sempre um sintoma importante e indicativo de outras doenças, e que deve ser investigado!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Mau hálito: conheça 5 causas possíveis!

Enviando Comentário Fechar :/