Hipertensão: As complicações mais comuns que você precisa conhecer!

A hipertensão arterial, popularmente conhecida como “pressão alta”, é uma condição crônica, que pode estar relacionada a inúmeros fatores, e também ser a causadora de inúmeras outras doenças.

Publicado por Grupo Biocentro
em

Hipertensão: As complicações mais comuns que você precisa conhecer!

A hipertensão arterial, popularmente conhecida como “pressão alta”, é uma condição crônica, que pode estar relacionada a inúmeros fatores, e também ser a causadora de inúmeras outras doenças.

Ela está relacionada, principalmente com o sedentarismo, hábitos alimentares inadequados, presença de outras doenças crônicas, estresse rotineiro, e muito mais!

Nesta condição, aumenta-se a pressão com que o sangue circula nas artérias, podendo causar prejuízo a estes vasos, como também aos rins e indiretamente para outros órgãos.

A seguir, saiba as principais complicações desta doença!

  1. Diminuição da função renal

Os rins têm como principal papel filtrar o sangue e eliminar as “impurezas” encontradas na urina. Para que este funcione plenamente, os níveis de pressão arterial precisam estar equilibrados (convenciona-se o ideal como 110 x 80 mmHg).

O dano às artérias deste órgão, podem prejudicar totalmente a sua função, levando a falência renal.

Além disso, pela força excessiva realizada nas paredes dos vasos sanguíneos, estes podem dilatar-se, formando aneurismas (nas artérias renais).

  1. Retinopatia

O termo retinopatia, significa “doença da retina”. A retina é uma estrutura do olho fundamental para o processo da visão e portanto deve ser ricamente vascularizada, para que funcione adequadamente.

Mas, como se trata de um tecido extremamente delicado, os vasos são finos e precisam manter uma pressão constante.

O aumento da pressão arterial causa trabalho excessivo destes vasos, podendo acabar em aneurismas e até hemorragias.

Quando “vazar” sangue na retina, a imagem ficará borrada e o paciente apresentará diversos outros prejuízos em sua visão, podendo levar até a perda completa desta (cegueira).

  1. Problemas na circulação cerebral

Os mesmos problemas relatados no rim e na retina também podem aparecer no cérebro, pelo excesso de pressão na parede dos vasos.

Esta condição crônica, elevará drasticamente as chances de desenvolver um AVE ou AVC: acidente vascular cerebral/encefálico.

Como o cérebro é responsável por todos os comandos e controle de funções de nosso organismo, qualquer interrupção de seu pleno funcionamento pode causar danos irreversíveis!

  1. Dano ao coração

Quando se fala em sangue e hipertensão arterial, o primeiro órgão que vem a mente com certeza é o coração! Isto é, porque é o responsável por bombear todo o líquido sanguíneo pelo corpo, distribuindo-o em todos os órgãos e tecidos.

Mas, com uma pressão elevada repetitivamente poderá trazer prejuízo às paredes deste órgão, levando à possíveis doenças coronarianas e arritmias.

  1. Aterosclerose

A aterosclerose é um processo onde ocorre deposição de gordura nos vasos sanguíneos, que poderão futuramente causar uma obstrução (popularmente falando, um “entupimento”) deste, impedindo o fluxo de sangue para determinadas regiões.

Com o processo de hipertensão arterial e enfraquecimento das paredes dos vasos, a baixa elasticidade favorece o acúmulo de gorduras, podendo acelerar a formação de placas.

  1. Disfunção sexual masculina

A ereção, é um mecanismo que ocorre a partir de maior fluxo sanguíneo na região do pênis, permitindo que o processo ocorra mediante determinados estímulos.

Com o enfraquecimento destes vasos, menos sangue chegará a região, e assim, será provável que uma disfunção erétil se instale!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Hipertensão: As complicações mais comuns que você precisa conhecer!

Enviando Comentário Fechar :/