Doar sangue: um ato de amor!

Você já parou para pensar que um dia pode ser você quem necessita de uma transfusão?

Publicado por Admin Work Control
em

Doar sangue: um ato de amor!

Infelizmente, apenas uma pequena parcela da população tem consciência sobre o assunto e realiza doações frequentes, o que dificulta os tratamentos dependentes de bolsas de sangue.

E, você já parou para pensar que um dia pode ser você quem necessita de uma transfusão?

A seguir, saiba tudo sobre o processo da doação, quem pode se candidatar e quais os benefícios para quem recebe!

Como ocorre a doação?

Doar sangue é extremamente simples, e isso pode ser feito em qualquer serviço de banco de sangue. Busque conhecer quais os endereços mais próximos de você e os horários de funcionamento.

Alimente-se antes do processo, e leve sempre um documento com foto, para que seja feito seu cadastramento ou reconhecimento como doador.

A retirada do sangue causa pequenos desconfortos, e que são amenizados com um lanche feito após o processo. Você receberá toda a assistência necessária no local!

Quem pode doar?

Basicamente, qualquer pessoa pode se voluntariar para ser um doador de sangue, desde que:

Tenha mais de 18 anos e esteja portando um documento com foto;
Tenha entre 16 e 18 anos e tenha uma autorização dos pais;
Pese mais que 50 quilos;
Tenha se alimentado adequadamente;
Esteja com a saúde em dia.
Após a doação, uma série de exames são realizados, com o intuito de evitar a transmissão de algumas doenças:

HIV;
Hepatites;
Sífilis;
Doença de chagas;
Se você tiver uma destas condições acima, a doação não pode ser concluída, pois o sangue é um importante meio de contaminação.

Qual a frequência de doação?

Se você já doou sangue e deseja repetir tal ato voluntário, deve-se esperar algum tempo.

Homens podem realizar uma nova doação de sangue em 2 meses, enquanto mulheres devem esperar 3 meses.

Isso se justifica pelo fato de elas perderem mensalmente uma quantidade significativa de sangue na menstruação, e, portanto, o corpo leva mais tempo para se “renovar”.

Quando o sangue será usado?

Depois que a doação é feita, seu sangue será estocado e destinado para os locais que estão necessitando. Dentre as principais indicações para o recebimento de transfusão, estão:

Traumas com grandes hemorragias;
Anemias graves;
Deficiências de plaquetas;
Após grandes cirurgias;
Doenças hematológicas;
Pacientes com câncer;
Dentre diversas outras situações.

Já pensou em quantas vidas você poderá salvar com este simples ato?

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Doar sangue: um ato de amor!

Enviando Comentário Fechar :/