Detecção do linfonodo sentinela

Lançamos mão da cirurgia radioguiada quando há necessidade de se retirar com segurança um tecido doente, ou para detectar se o Linfondo guardião , também chamado linfonodo sentinela está ou não comprometido. As Doenças em que existem mais estudos sobre o linfonodo sentinela são: câncer de mama, melanoma maligno, câncer de colo de útero, câncer de cabeça e pescoço, câncer de pênis dentre outros.

Publicado por Grupo Biocentro
em

Detecção do linfonodo sentinela

Lançamos mão da cirurgia radioguiada quando há necessidade de se retirar com segurança um tecido doente, ou para detectar se o Linfondo guardião , também chamado linfonodo sentinela está ou não comprometido. As Doenças em que existem mais estudos sobre o linfonodo sentinela são: câncer de mama, melanoma maligno, câncer de colo de útero, câncer de cabeça e pescoço, câncer de pênis dentre outros.

Para fazer a detecção do linfonodo Sentinela o procedimento é realizado em duas etapas: a primeira é a linfocintilografia, feita na clínica de medicina nuclear na véspera da cirurgia, e a segunda é a detecção intraoperatória do linfonodo marcado. Nesta segunda etapa, o aparelho portátil detector de radiação é levado para dentro do centro cirúrgico com o objetivo de detectar o Linfonodo sentinela.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Detecção do linfonodo sentinela

Enviando Comentário Fechar :/