Dengue, Zika vírus e Chikungunya: entenda a diferença!

A Dengue, Zika e Chikungunya são doenças que foram alvo de muita discussão e estudo nos últimos tempos. Mas, você sabe o que significa cada uma delas?

Publicado por Grupo Biocentro
em

Dengue, Zika vírus e Chikungunya: entenda a diferença!

A Dengue, Zika e Chikungunya são doenças que foram alvo de muita discussão e estudo nos últimos tempos. Mas, você sabe o que significa cada uma delas?

O que todas têm em comum, é a transmissão pelo vetor Aedes aegypti, e também o fato de serem causadas por um vírus. Entenda a seguir, as diferenças existentes entre elas!

#1: Dengue

A dengue é mais antiga que as demais doenças, e possui um quadro clínico típico. O paciente terá dores de cabeça, dores no corpo e mal estar, podendo também apresentar manchas na pela. A febre é de mais de 38ºC, e costuma durar de 2 a 7 dias.

A maior preocupação dos médicos é no que diz respeito à evolução para a forma hemorrágica, que pode ser fatal. Por isso, recomenda-se a ingestão de muita água, e também, evitar tomar qualquer medicamento sem prescrição médica (principalmente anticoagulantes).

#2: Zika Vírus

O vírus Zika ganhou destaque na mídia por causar a microcefalia em recém-nascidos, sendo, portanto, necessário um cuidado a mais nas gestantes.

Nos adultos, geralmente é de evolução benigna (isto é, caminha para a cura). Os sintomas duram em torno de 7 dias, e são muito semelhantes com a dengue.

Uma das formas de diferenciar é pela febre baixa – quase sempre inferior a 38ºC. Haverá dor de cabeça, mal-estar, dores nos músculos e articulações.

#3: Chikungunya

Também será causada pela picada do Aedes aegypti, e os sintomas surgirão 10 dias após o contato com o vetor. A clínica novamente é semelhante com as duas doenças tratadas anteriormente.

A febre será alta (acima de 38ºC), e a principal característica são as dores articulares intensas. Também há queixa de dor nos músculos, cefaleia e manchas no corpo.

A complicação principal é a síndrome de Guillan-Barré, que deve ser tratada com um médico neurologista.

Quais as formas de prevenção?

Levando em conta que todas as doenças são causadas da mesma forma, pelo mesmo mosquito, seguem a seguir algumas formas de prevenção:

Uso de repelentes: bloquear o contato do mosquito com a pele é uma excelente opção, principalmente em áreas de risco.
Usar telas e protetores em janelas: é necessário impedir que o mosquito entre em casas e estabelecimentos.
Exterminar focos do mosquito;
Para a dengue, adicionam-se duas medidas:

Evitar medicamentos: quando houver qualquer sintoma que leve a suspeita da dengue, não se pode ingerir qualquer medicamento sem recomendação médica.
Vacina: a vacina da dengue está disponível em algumas regiões, e seu uso está recomendado para alguns públicos específicos.
E, no surgimento de qualquer sintoma, busque imediatamente um médico!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Dengue, Zika vírus e Chikungunya: entenda a diferença!

Enviando Comentário Fechar :/