Constipação infantil: como combater este problema tão comum?

A constipação é definida como dificuldade para eliminar as fezes, tanto por motivos fisiológicos (isto é, dos órgãos e funcionamento corpóreo) quanto psicológicos.

Publicado por Grupo Biocentro
em

Constipação infantil: como combater este problema tão comum?

A constipação é definida como dificuldade para eliminar as fezes, tanto por motivos fisiológicos (isto é, dos órgãos e funcionamento corpóreo) quanto psicológicos.

Ela se faz presente na vida de mais de 25% das crianças, e acaba muitas vezes, por desesperar os pais. A seguir, conheça algumas medidas simples que poderão melhorar em muito este problema!

  1. Ingestão de água

A água desempenha papel essencial em nosso organismo, e com as fezes não será diferente: mais de 60% do bolo fecal é composto por água.

Levando em conta que muitas crianças não possuem o hábito de ingerir água, e muitas vezes, acabando optando por bebidas gaseificadas, chocolates com leite, e outros, estas, possuirão maior propensão a constipação.

Portanto, incentivar os filhos a hidratarem-se de forma correta, é tarefa de todas as mamães!

  1. Alimentação rica em fibras

As fibras também são um composto importante das fezes, e na sua ausência, pode-se ter constipação.

Investir em uma dieta rica neste composto, auxilia no bom funcionamento intestinal do seu filho.

Saiba onde encontrar fibras:

  • Grãos em geral;
  • Feijão preto;
  • Sementes;
  • Cereais;
  • Goiaba, pera e maçã;
  • Milho;
  • Brócolis;

E muito mais!

  1. Incentivo à idas no banheiro em ambiente escolar

Muitas vezes, a constipação é iniciada quando a criança ingressa na escola. Isso ocorre principalmente, pelo fato de elas estarem engajadas na atividades, ou ainda, sentirem vergonha de ir ao banheiro.

Portanto, conversar com as professoras sobre o assunto, e contar os hábitos intestinais do seu filho, poderão auxiliar.

  1. Manter um hábito

Criar uma rotina de ir ao banheiro todas as manhãs, por exemplo, fará com que seu filho se sinta motivado com a tarefa, e a siga como uma obrigação.

O estabelecimento de um horário, sistematiza a vida da criança, e aumenta as chances de adesão a determinada tarefa.

  1. Incentivo psicológico

A constipação pode estar ligada à fatores emocionais, como a saída das fraldas: as crianças ainda não sabem ao certo sobre os hábitos intestinais, e acabam por eliminar fezes na calça, ou ainda em ambientes inapropriados; os pais costumam reprimir e tratar a situação como algo vergonhoso.

E assim, toda e qualquer crítica reflete no desenvolvimento da criança, e com a evacuação não será diferente.

Portanto, desde o desfralde, evite “repressões”; e, caso isso já tenha ocorrido, parabenize seu filho todas as vezes que for ao banheiro, juntamente com o uso de outras medidas de incentivo.

  1. Busca do pediatra

Se a situação estiver fora do controle, e não for resolvida rapidamente, busque o pediatra para investigar o que está ocorrendo.

É essencial que uma avaliação seja realizada, de modo a excluir doenças que têm a constipação como manifestação principal. Portanto, esteja sempre atento!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Constipação infantil: como combater este problema tão comum?

Enviando Comentário Fechar :/