7 informações que toda mulher precisa saber sobre Câncer de colo de útero

O câncer de colo de útero, é a quarta causa de morte em mulheres no Brasil. Ele atinge a porção final da vagina, e inicial do útero, conhecida como colo ou cérvice. Existem diversas peculiaridades sobre a doença, bem como formas de preveni-la.

Publicado por Grupo Biocentro
em

7 informações que toda mulher precisa saber sobre Câncer de colo de útero

O câncer de colo de útero, é a quarta causa de morte em mulheres no Brasil. Ele atinge a porção final da vagina, e inicial do útero, conhecida como colo ou cérvice.

Existem diversas peculiaridades sobre a doença, bem como formas de preveni-la.

  1. É mais frequentemente causada pelo HPV

O HPV é um vírus muito comum entre a população, tanto em homens ou mulheres, mas que geralmente não causa doenças – graças ao bom funcionamento do sistema imune.

Mas, em 10% das mulheres, ele pode se proliferar, causando lesões no colo do útero, que se não removidas, podem evoluir para um câncer.

  1. Existe prevenção para a doença

Seguindo a ideia do tópico anterior, o câncer é causado pelo HPV, e se estabelece após uma sequência de estágios e lesões do cérvice.

A identificação nos estágios iniciais, impede a progressão para o câncer, e ela pode ser feita por um simples exame: o Papa Nicolau.

Popularmente conhecido como preventivo, o exame está disponível no SUS, e deverá ser feito em todas as mulheres com vida sexualmente ativa a partir dos 25 anos.

  1. É agravado pelo tabagismo

As diversas substâncias químicas existentes no cigarro causam uma infinidade de malefícios para o organismo, não sendo diferente no útero.

A condição de tabagismo provoca uma série de alterações nas células, que as tornam suscetíveis a formação de cânceres.

Portanto, mulheres que fumam e estão expostas ao HPV, possuem mais chances de desenvolver a doença.

  1. Pode ser causado pela não adesão aos preservativos

 A mulher adquire o HPV através do contato sexual com seu parceiro. Assim, o vírus será instaurado em seu corpo, e em situações favoráveis poderá causar lesões que evoluem ao estado de câncer.

Portanto, todo contato sexual, sujeita os envolvidos a adquirirem uma série de microorganismos que podem causar doenças, como o HPV.

Sendo assim, o uso de preservativos impede a disseminação não só do vírus causador do câncer de colo de útero, como também uma série de outras DSTs.

  1. Existe vacina

Recentemente, o SUS disponibilizou a vacina para o HPV, tendo como alvo o público jovem (tanto masculino quanto feminino). A escolha por esta faixa etária se justifica no fato de que, a maioria, ainda não teve exposição ao vírus.

A vacina está disponível também para adultos, porém, na rede privada.

  1. O homem também deve preocupar-se

Levando em conta que os homens serão também portadores do vírus, é essencial que estejam sensibilizados e preocupados com a transmissão do agente.

Neste público, geralmente não há sintomas, e quando ocorre manifestação, é na forma de verrugas genitais.

Portanto, é preciso manter consultas de rotina com um urologista, e também conscientizar-se da importância do uso de camisinha.

  1. O diagnóstico precoce salva vidas

A identificação precoce das verrugas e lesões causadas pelo HPV, impede que o estágio mais avançado (de câncer) se instaure.

Isso se justifica, principalmente, na possibilidade da doença causar metástases (isto é, quando as células se “espalham” pelo corpo, causando múltiplas lesões), que costumam levar a morte do indivíduo.

Os principais alvos de metástases, nestes casos, são:

  • Pulmão;
  • Ossos;
  • Fígado.
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para 7 informações que toda mulher precisa saber sobre Câncer de colo de útero

Enviando Comentário Fechar :/