Dor na sola do pé: quais os tratamentos e como evitar?

Os cuidados com os pés vão muito além de usar cremes hidratantes, lixar e tratar das unhas. Escolher o calçado apropriado ou alongar esses membros também são medidas essenciais para manter a saúde e prevenir lesões nessa parte do corpo, além de evitar a dor na sola do pé que pode estar ligada, por exemplo, aos hábitos diários de cada um. Estima-se que essa dor aflija uma a cada 10 pessoas, segundo artigo da Revista Brasileira de Ortopedia.

Publicado por Grupo Biocentro
em

Dor na sola do pé: quais os tratamentos e como evitar?

Os cuidados com os pés vão muito além de usar cremes hidratantes, lixar e tratar das unhas. Escolher o calçado apropriado ou alongar esses membros também são medidas essenciais para manter a saúde e prevenir lesões nessa parte do corpo, além de evitar a dor na sola do pé que pode estar ligada, por exemplo, aos hábitos diários de cada um. Estima-se que essa dor aflija uma a cada 10 pessoas, segundo artigo da Revista Brasileira de Ortopedia.

Acompanhe este post e saiba o que leva a dores na sola do pé, como evitá-las e quais são os tratamentos adequados.

Quais são as causas da dor na sola do pé?

Uma das causas mais comuns é a fascite plantar, uma inflamação no tecido chamado fáscia plantar, localizado na sola do pé e que liga o osso do calcanhar aos dedos. É importante lembrar que esse osso, conhecido como calcâneo, tem a função de dar suporte ao peso corporal, assim, o sobrepeso é um fator que desencadeia a inflamação.

As dores são provocadas quando há tensão ou uso excessivo da fáscia, o que resulta em dificuldade para caminhar, sobretudo quando existe dor intensa no calcanhar, a talalgia. Conheça alguns fatores de risco que contribuem para o surgimento do problema:

  • idade entre 40 e 60 anos;
  • pé chato ou cavo, isto é, pé plano ou com curvatura da planta alta;
  • uso inadequado de calçados;
  • obesidade, que sobrecarrega os músculos e os ossos dos pés;
  • profissões nas quais as pessoas ficam muito tempo em pé (professores, garçons, atendentes, operários etc.);
  • exercícios físicos intensos, como corridas de longa distância e danças.

Os sintomas, que podem ser dor aguda ou crônica, queimação ou até mesmo rigidez na fáscia, são percebidos com mais frequência pela manhã, ao dar os primeiros passos, depois de uma atividade física ou esportiva intensa ou ao ficar em pé por tempo prolongado.

Quais são os tratamentos?

Os tratamentos mais comuns para dor na sola dos pés envolvem fisioterapia e medicação.

A fisioterapia contribui para o fortalecimento dos músculos da pessoa. Quanto aos remédios, anti-inflamatórios e analgésicos são recomendados pelos médicos para curar a inflamação e aliviar as dores, respectivamente.

É possível que o profissional solicite também exames, como o de imagem, pois ajudam a diagnosticar possíveis fraturas.

Como evitar a dor na sola do pé?

A prevenção contra as dor na sola do pé está relacionada a cuidados diários que vão desde o modelo de calçado a alongamentos para os pés. Confira, a seguir, 4 dicas que podem ajudar você a evitar esse tipo de dor:

1. Use calçados adequados

Evite calçados macios, porque eles não oferecem o apoio necessário à curvatura do pé. Aqueles com amortecimento de impacto são os mais indicados.

2. Mantenha-se no peso ideal

Como já foi colocado neste artigo, o excesso de peso, entre outros inúmeros malefícios à saúde, pode causar dores intensas por pressionar a sola do pé. Portanto, mantenha um peso adequado. Seu corpo agradece!

3. Faça alongamentos

Os alongamentos são indicados porque inibem os sintomas, melhoram a flexibilidade e fortalecem os músculos, além de relaxá-los.

4. Repelir

Separe um tempo do seu dia para descansar os pés e aliviar a carga sobre os músculos e os ossos desses membros. Mantenha-os descalços para o relaxamento ser ainda mais eficaz.

Observe seus hábitos diários e, se for preciso, mude-os para se prevenir da dor na sola do pé, evitando que ela evolua para um quadro mais grave. Lembre-se de que a principal recomendação é procurar um médico, pois esse profissional poderá fazer um diagnóstico adequado e prescrever o tratamento correto.

E então, o artigo de hoje foi útil a você? Compartilhe-o nas redes sociais para que mais leitores possam se informar e cuidar da saúde!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Dor na sola do pé: quais os tratamentos e como evitar?

Enviando Comentário Fechar :/